LN – O Partido Comunista da China escolhe a nova composição de seu Comitê Central


O Partido Comunista da China escolheu neste sábado a nova composição do Comitê Central durante a celebração de seu vigésimo congresso nacional, segundo a agência Xinhua.

Em um congresso presidido pelo presidente chinês Xi Jinping, os membros do Partido Comunista Chinês elegeram as 200 pessoas que irão chefiar o Comitê Central, bem como 170 suplentes, e que irão chefiar o partido pelos próximos cinco anos.

Xi convocou o novo Comitê Central, cujos nomes ainda são desconhecidos, a seguir “inflexivelmente” o caminho do desenvolvimento político do socialismo com características chinesas e aderir à “unidade orgânica da liderança do partido”.

Além disso, mostrou sua disposição de “reforçar a garantia do controle popular do país” desenvolvendo “abrangentemente” a democracia consultiva, bem como promovendo a “democracia popular” e consolidando uma “frente unida patriótica”, segundo a referida agência .

O presidente chinês expressou seu desejo de “desempenhar melhor o papel do Estado de Direito” na consolidação das bases, construindo de forma abrangente um país socialista moderno.

“É necessário melhorar o sistema jurídico socialista com características chinesas com a Constituição como eixo, promover firmemente a administração baseada na lei, administrar a justiça com rigor e imparcialidade e acelerar a construção de uma sociedade governada pela lei”, acrescentou.

No entanto, Xi lembrou a importância de implementar “o conceito geral de segurança nacional” nas políticas do Comitê Central, bem como manter a segurança nacional durante todo o processo “de todos os aspectos do trabalho do partido e do país”.

“É necessário melhorar o sistema de segurança nacional, melhorar a capacidade de manter a segurança nacional, melhorar o nível de governança da segurança pública”, disse Xi.

Xi caminha, assim, para a consolidação de seu poder diante de um “ambiente complexo em nível internacional” e com “numerosos desafios internos”, como notaram alguns membros da liderança do partido, destacando as conquistas “incomuns e extraordinárias” de um político cuja carreira em ascensão surpreendeu inicialmente delegados e membros daquela que é a maior organização política do mundo.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)