LN – Argentina, pelo título do Mundial do Catar 2022: dia, hora e TV da final


Neste domingo, a seleção argentina enfrentará a França pela final da Copa do Mundo do Catar 2022. A partida será no Iconic Stadium de Lusail e terá início às 12h (horário argentino), logo após a cerimônia de encerramento da Copa do Mundo, na qual haverá shows de artistas internacionais e uma resenha dos momentos mais marcantes do torneio. Quem vencer alcançará sua terceira estrela e ultrapassará seu rival no recorde histórico.

Szymon Marciniak é o árbitro designado para a partida entre Argentina e França. Ele será o primeiro polonês a fazer justiça na definição do mundo. Marciniak já estava na partida entre a seleção albiceleste e a Austrália pelas oitavas de final. Além disso, há outro precedente, já que também dirigiu a partida entre a seleção nacional e a Islândia, no empate em 1 a 1 pela primeira partida da Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Será a 245ª partida entre europeus e sul-americanos em Copas do Mundo. Os integrantes da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) levam uma pequena vantagem, já que levaram a melhor em 97 chances contra 91 vitórias de membros da União das Associações Europeias de Futebol (UEFA) e 56 desenha. Argentina acumula 24 vitórias, 15 empates e 19 derrotas contra rivais europeus. Françapor sua vez, também mantém um histórico positivo com sete vitórias, quatro empates e cinco derrotas contra seleções sul-americanas.

A Argentina tem vantagem na história contra seleções da UEFA;  vem de goleada na Croácia

A Argentina tem vantagem na história contra seleções da UEFA; vem de goleada na Croácia (Aníbal Greco/)

Na sua vez, Será o décimo primeiro jogo pelo título entre uma seleção sul-americana e uma europeia, além de ser um duelo que nunca aconteceu em uma final. Exceto em 1930, com Argentina vs. Uruguai, e em 1950, com Brasil vs. Uruguai, sempre havia um time europeu na final. De 1966 a 2006 a alternância foi contínua, com Argentina campeã em 1978 e 1986, e Brasil em 1970, 1994 e 2002, como representantes da América do Sul; e Inglaterra (1966), Itália (1982 e 2006), Alemanha (1974 e 1990) e França (1998), da Europa. Porém, desde a edição na Coreia do Sul e no Japão em 2002, em que o Brasil venceu, o domínio das seleções europeias distribuiu o maior título mundial entre Itália (2006), Espanha (2010), Alemanha (2014) e França (2018).

Argentina vs. França: tudo o que você precisa saber

  • Final da Copa do Mundo Catar 2022.
  • Dia: domingo, 18 de dezembro.
  • Cronograma: 12 (horário argentino).
  • Juiz: Szymon Marciniak (Polônia).
  • Estádio: Icônico de Lusail.
  • televisão: TyC Sports, TV Pública, DSports e DeporTV.
  • transmissão: TyC Sports Play e Cont.ar. Você também pode assistir ao jogo sintonizando a TV Pública, DeporTV ou TyC Sports através do Flow, DGO ou Telecentro Play (todas as plataformas exigem assinatura).

Ambas as equipas procuram a sua terceira estrela, pelo que a equipa que vencer ultrapassará a outra na tabela de campeões históricos e continuará sendo um da Itália e da Alemanha, que têm quatro. Argentina ele conhecia o sabor da glória em 1978, quando ela hospedou, e no México 1986. França, Por sua vez, ergueu o troféu em 1998, sendo local, e na Rússia 2018por isso também aspira a se tornar o tricampeão mundial depois do que foi feito pela Itália em 1934 e 1938, e pelo Brasil em 1958 e 1962.

A caminho da Argentina até a final

A equipe liderada por Lionel Scaloni iniciou sua trajetória no evento ecumênico com uma Derrota por 2 a 1 para a Arábia Saudita (gol de Lionel Messi); logo se recuperou e Derrotou o México por 2 a 0 (Messi e Enzo Fernandez); enquanto fechava a fase de grupos com um Vitória por 2 a 0 sobre a Polônia (Alexis Mac Allister e Julián Álvarez). Na rodada de eliminação direta, o primeiro adversário foi Austrália, que venceu por 2 a 1 (Messi e Álvarez); então apareceu Holanda, que ele deixou fora de casa nos pênaltis depois de empatar em 2 a 2 (Nahuel Molina e Messi); enquanto nas semifinais goleou a Croácia por 3 a 0 (dois de Álvarez e um de Messi).

Julián Álvarez tem quatro gols na Copa do Mundo;  Ele é o segundo maior artilheiro argentino

Julián Álvarez tem quatro gols na Copa do Mundo; É o segundo maior artilheiro argentino (Aníbal Greco /)

O caminho da França até a final

O atual campeão começou o torneio com uma Vitória por 4 a 1 sobre a Austrália (dois gols de Olivier Giroud, um de Kylian Mbappé e outro de Adrien Rabiot), então derrotou a Dinamarca por 2-1 (Mbappé), enquanto na última jornada do grupo D perdeu para a Tunísia por 1-0. Já nas oitavas de final, ele não se preocupou em deixar a Polónia 3-1 na estrada (Mbappé e um de Giroud); nos quartos venceu a Inglaterra por 2 a 1 (Aurelien Tchouameni e Giroud), e finalmente prevaleceu nas semifinais para o Marrocos por 2 a 0 (Theo Hernandez e Randal Kolo Muani).

Theo Hernández conquistou a posição de titular após o rompimento dos ligamentos de seu irmão Lucas

Theo Hernández conquistou o título após ruptura dos ligamentos do irmão Lucas (Aníbal Greco /)



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)