LN – Fórmula 1 após o GP do Japão: o que está por vir e as posições de pilotos e construtores



Este domingo foi realizado 18ª data do campeonato de Fórmula 1 (F1) no Japão, no Circuito de Suzuka. Max Verstappen venceu e sagrou-se campeão do mundo na ausência de quatro datas para o final do campeonato. Sergio ‘Checo’ Pérez terminou em segundo lugar e Charles Leclerc completou o pódio (o monegasco havia terminado a corrida na segunda posição, mas foi penalizado cinco segundos por avançar uma posição saindo da pista, o que permitiu que Pérez terminasse em segundo lugar e Verstappen se tornasse campeão).

O holandês precisava somar oito pontos no teste para conquistar o título pela segunda temporada consecutiva. Em um final de corrida confuso, o próprio Verstappen assumiu que teria que esperar outra corrida para ser campeão mundial.. Após ser consultado sobre o assunto, o piloto comemorou a vitória, mas não o título: “Teria sido ótimo ter vencido o campeonato aqui, mas temos outra chance na próxima corrida”, disse, já pensando nos Estados Unidos. Grande Prêmio. No entanto, naquela época, a sanção do monegasco ficou conhecida, o que permitiu ao piloto da Red Bull levantar o troféu..

Verstappen dominou com autoridade uma corrida encurtada devido à interrupção devido à chuva forte e ao acidente de Carlos Sainz Jr. na terceira volta. Nesse momento, Pierre Gasly (AlphaTauri) viu uma grua de assistência na pista, um incidente que irritou o francês: “É inaceitável! Como é possível? Não posso acreditar”, disse o piloto de 26 anos. Este facto, descrito como “pior do que inaceitável” pelo diretor da equipa Alfa Romeo, Frédéric Vasseur, recorda o acidente que provocou a morte do francês Jules Bianchi neste mesmo circuito em 2014.

  • O bicampeão mundial venceu no Japão com 26 segundos de vantagem sobre Leclerc, que no final seria 31 após o pênalti e 27 sobre Pérez. A corrida foi encurtada, pois teve que ser interrompida três horas após o início inicial, finalmente executando 26 voltas das 53 planejadas.

Os vencedores da temporada 2022

  • GP do Bahrein: Charles Leclerc – Ferrari – 1:37:33.584
  • GP da Arábia Saudita: Max Verstappen – Red Bull – 1:24:19.293
  • GP da Austrália: Charles Leclerc – Ferrari – 1:27:46.548
  • GP Emilia-Romagna: Max Verstappen – Red Bull – 1:32:07.986
  • GP de Miami: Max Verstappen – Red Bull – 1:34:24.258
  • GP da Espanha: Max Verstappen – Red Bull – 1:37:20.475
  • GP de Mônaco: Sergio ‘Checo’ Pérez – Red Bull – 1:56:30.265
  • GP do Azerbaijão: Max Verstappen – Red Bull – 1:34:05.941
  • GP do Canadá: Max Verstappen – Red Bull – 1:36:21.757
  • GP da Inglaterra: Carlos Sainz Jr. – Ferrari – 2:17:50.311
  • GP da Áustria: Charles Leclerc – Ferrari – 1:24:24.312
  • GP da França: Max Verstappen – Red Bull – 1:30:02.012
  • GP da Hungria: Max Verstappen – Red Bull – 1:39:35.912
  • GP de Spa-Francorchamps: Max Verstappen – Red Bull – 1:25:52.894
  • GP da Holanda: Max Verstappen – Red Bull – 1:36:42.773
  • GP da Itália: Max Verstappen – Red Bull – 1:20:27.511
  • GP de Cingapura: Sergio ‘Checo’ Pérez – Red Bull – 2:02:15.238
  • GP do Japão: Max Verstappen – Red Bull – 3:01:44.004

Ranking do Campeonato Mundial de Pilotos de 2022

  1. Max Verstappen (NED) 366 pontos
  2. Sérgio Pérez (MEX) 253
  3. Charles Leclerc (MON) 252
  4. George Russel (GBR) 207
  5. Carlos Sainz Jr. (ESP) 202
  6. Lewis Hamilton (GBR) 180
  7. Lando Norris (GBR) 101
  8. Esteban Ocon (FRA) 78
  9. Fernando Alonso (ESP) 65
  10. Valtteri Bottas (END) 46
  11. Sebastian Vettel (GER) 32
  12. Daniel Ricciardo (AUS) 29
  13. Pierre Gasly (FRA) 23
  14. Kevin Magnussen (DIN) 22
  15. Lance Stroll (CAN) 13
  16. Mick Schumacher (GER) 12
  17. Yuki Tsunoda (JPN) 11
  18. Zhou Guanyu (CHN) 6
  19. Alexander Albon (THA) 4
  20. Nyck de Vries (NED) 2
  21. Nicholas Latifi (CAN) 2
  22. Nico Halkenberg (GER) 0

Classificação da Copa do Mundo de Construtores de 2022

  1. Red Bull: 619 pontos
  2. Ferrari: 454
  3. Mercedes: 387
  4. Alpine-Renault: 143
  5. McLaren-Mercedes: 130
  6. Alfa Romeo: 52
  7. Aston Martin-Mercedes: 45
  8. Haas-Ferrari: 34
  9. AlphaTauri-Red Bull: 34
  10. Williams-Mercedes: 8

O que vem

O campeonato de Fórmula 1 continuará em 23 de outubro nos Estados Unidos. Em seguida, serão três datas no México, Brasil e, por fim, uma nos Emirados Árabes Unidos.

  • Data 19 – 21 a 23 de outubro nos Estados Unidos.
  • Data 20 – 28 a 30 de outubro no México.
  • Data 21 – 11 a 13 de novembro no Brasil.
  • Data 22 – 18 a 20 de novembro nos Emirados Árabes Unidos.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)