LN – Ao vivo: dois anos após a morte de Maradona, campeões mundiais e Infantino o homenageiam no Catar


05:22 Infantino descontrolado

O chefe da FIFA canta e acena com as mãos enquanto canta o refrão ‘Marado Marado’, da música “La Mano de Dios” de Rodrigo.

05:19 Camisetas alusivas

Boa parte dos presentes ao evento veste uma camisa branca que tem a cara de Maradona. “Capitão (10)”, pode ser lido ao lado da imagem.

05:16 Outras figuras

O ex-presidente do River, Rodolfo D’Onofrio e Zulemita Menem estiveram presentes na homenagem.

Zulemita Menem na prévia do ato homenageia Maradona no Catar.

Zulemita Menem na prévia do ato homenageia Maradona no Catar.

05:12 Infantino chegou

05:08 Música

Sob o sol do meio-dia do Catar, ex-jogadores e dirigentes aguardam no estádio da CONMEBOL, no Catar. São mais de 500 pessoas. Enquanto esperava, tocou “La mano de Dios” de Rodrigo, e a inesquecível “viver é vida”.

05:05 Presentes

Entre os presentes estão lendas do futebol argentino como Oscar Ruggeri, Daniel Bertoni, Osvaldo Fillol, Sergio Batista, Ricardo Bochini, Ricardo Villa, Jorge Burruchaga, Ricardo Giusti, Carlos “Chino” Tapia, Héctor “Negro” Enrique e Mario Kempes. Há também Javier Zanetti, e o chefe da Conmebol, Alejandro Domínguez, e o presidente da AFA, Claudio “Chiqui” Tapia.

Jorge Burruchaga na homenagem a Maradona no Catar.

Jorge Burruchaga na homenagem a Maradona no Catar.

5.00 Começa a homenagem a “El Diez”

Ex-campeões das Copas do Mundo de 1978 e 1986 e o presidente da FIFA, Gianni Infantinoconduzem, em Doha, uma homenagem Diego Maradona nesta sexta-feira, dois anos após sua morte. Várias atividades foram planejadas.

A homenagem é no espaço Conmebol, na área de feira da souk wakif, no centro do Catar. Já são mais de 200 pessoas, entre jornalistas, ex-jogadores, dirigentes da FIFA e da Conmebol, e alguns torcedores.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)