LN – Rei da Espanha pede aos cidadãos que continuem cuidando da COVID



MADRID (AP) – Os cidadãos devem continuar a se cuidar porque o coronavírus ainda pode causar danos significativos, disse o rei da Espanha, Felipe VI, durante sua tradicional mensagem de Natal, enquanto o país registrava outro número recorde de casos de COVID na sexta-feira 19.

Durante sua mensagem pré-gravada transmitida na véspera de Natal, o monarca espanhol disse que a distribuição bem-sucedida da vacina contra a doença melhorou a situação em comparação a um ano atrás. Mas ele pediu às pessoas que não baixassem a guarda.

“Estamos vendo que o vírus ainda tem a capacidade de nos prejudicar de várias maneiras”, declarou Felipe. “O risco não desapareceu.”

A Espanha, como a maioria da Europa e outras partes do mundo, está vendo um aumento recorde de infecções durante o período festivo, quando as famílias geralmente realizam grandes reuniões. As autoridades de saúde relataram um número recorde de três dias e reimplementaram as ordens para o uso de máscaras em espaços abertos, com algumas exceções.

“Todos temos que fazer o que estiver ao nosso alcance para não retroceder nesta crise de saúde que tanto tem causado sofrimento”, afirmou Felipe.

O rei também mencionou os moradores da ilha espanhola de La Palma, no Oceano Atlântico, onde a erupção de um vulcão durante quase três meses causou a destruição de casas, infraestrutura e plantações, mas não vítimas.

“Hoje nosso coração e nossos pensamentos continuam com vocês”, comentou o monarca aos ilhéus.

Assistir à transmissão anual do discurso do rei pouco antes dos jantares da véspera de Natal é um ritual em muitos lares espanhóis. Nos últimos anos, nos quais escândalos envolvendo a família real se tornaram conhecidos, comentaristas políticos e de televisão examinam o discurso do rei em busca de sinais de sintonia do monarca com o humor de seus súditos.

Mas não houve referência direta às circunstâncias do pai de Felipe, o rei emérito Juan Carlos I.

O monarca emérito de 83 anos mudou-se para os Emirados Árabes Unidos no ano passado, depois que investigações judiciais sobre possíveis crimes financeiros vieram à tona. Embora uma investigação de lavagem de dinheiro na Suíça tenha sido encerrada recentemente, os promotores da Suprema Corte espanhola continuam investigando as alegações.

Desde que assumiu o trono, em 2014, Felipe, 53, tenta se distanciar do pai.

Em seu discurso na sexta-feira, o atual monarca disse que todas as instituições do Estado deveriam servir ao povo.

“Devemos respeitar e cumprir as leis e ser exemplo de integridade pública e moral”, disse Felipe.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)