LN – Pelo menos nove feridos por explosão na ilha de Mindanao, nas eleições presidenciais das Filipinas


Pelo menos nove feridos pela explosão de cinco granadas no município de Datu Unsay, na ilha de Mindanao, durante as eleições presidenciais em que as Filipinas decidem o sucessor do presidente Rodrigo Duterte entre dois nomes antagônicos: o vice-presidente do país e o líder da oposição Leni Robredo contra o favorito do presidente, Ferdinand ‘Bongbong’ Marcos Jr, filho do ditador que dominou o país por 20 anos.

“Nove feridos pela explosão no município de Datu Unsay. A maioria dos feridos são eleitores indígenas que chegaram cedo às urnas porque vêm de áreas distantes”, informou a Philippine International Alerts no Twitter.

A Polícia Nacional das Filipinas enviou mais policiais para a área, os controles de fronteira foram intensificados e pontos de verificação móveis e pontuais foram adicionados.

“Estão sendo feitos esforços para identificar os responsáveis ​​por esta atrocidade”, explicou o coronel Jibin Bongcayao, diretor da Polícia Provincial de Maguindanao, na ilha de Mindanao, conforme relatado pelo ‘Philstar’.

Segundo Bongcayao, as vítimas estão a ser tratadas no Hospital Provincial de Maguindanao, na cidade de Datu Hofer, também na mesma ilha.

Nesta segunda-feira, 67,5 milhões de filipinos com mais de 18 anos que podem votar são chamados às urnas, juntamente com os 1,7 milhão pertencentes à vasta diáspora filipina que se registraram no exterior.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)