LN – Meio-campistas e zagueiros marcam gols dos EUA



COLUMBUS, Ohio, EUA (AP) – Meio-campistas e zagueiros estão fornecendo os gols que os Estados Unidos precisam para chegar à Copa do Mundo. E os atacantes nem os protegem.

Os atacantes americanos não marcam há cinco partidas consecutivas nas eliminatórias da Copa do Mundo. Em três desses jogos, Ricardo Pepi foi titular, enquanto Jesús Ferreira e Gyasi Zardes foram titulares em duelo de cabeça.

Três dos 13 gols dos Estados Unidos nas primeiras nove rodadas das eliminatórias vieram de zagueiros. Antonee Robinson, que joga na esquerda, marcou seu segundo gol na vitória por 1 x 0 de quinta-feira sobre El Salvador.

O lateral-direito Sergiño Dest marcou o gol de empate na vitória por 2 a 1 sobre a Costa Rica no mesmo campo que o Lower.com no ano passado.

“Consideramos nossos defensores a superpotência do nosso time”, disse o técnico Gregg Berhalter. “Fazemos isso porque eles produzem. Eles dão assistências e gols. Se você olhar para o empate até agora, nossos zagueiros contribuíram muito… Eles representam uma parte importante de como jogamos, especialmente quando colocamos nossos meio-campistas mais abaixo”.

Pepi estreou pela seleção nacional marcando um gol contra Honduras em setembro. Ele conseguiu uma dobradinha contra a Jamaica em 7 de outubro, em sua segunda partida.

Ele não marcou em 13 jogos pelo clube e pela seleção desde então. Este mês, ele finalizou sua mudança de Dallas para Augsburg e admite que há mais intensidade na Bundesliga do que na MLS.

Ferreira, ex-companheiro de equipe de Pepi em Dallas, começou a partida na quinta-feira pela primeira vez. Ele enviou um chute de pé esquerdo por cima do gol aos 16 minutos, três antes de ficar desmarcado na frente do goleiro Mario González, para errar o chute de direita após um cruzamento de Weah.

“Ele teve chances suficientes para marcar alguns gols, então isso é o mais importante”, disse Berhalter. “Se ele não tivesse chance na partida, eu ficaria preocupado, mas ele teve. Acho que é apenas uma questão de tempo até que ele possa definir as jogadas.”



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)