LN – Falsetti, o golpista: o pequeno jornaleiro que descobriu o algoritmo para criar cartões de crédito e enganar grandes empresas


Tudo foi escrito à mão em um caderno de argolas com páginas pautadas.. Nas páginas que deixou encarnado o algoritmo que ele descobriu para criar números de cartão de crédito e códigos de segurança. Sem usar tecnologia e sem hackear sistemas de computador, ele conseguiu enganar empresas importantes e teria feito um saquear mais de 1.000.000 de pesosmas Fernando Falsettio suspeito, foi identificado e agora enfrenta processo por repetir golpes.

Isso foi relatado a A NAÇÃO fontes judiciais qualificadas. Apesar de o procurador de Vicente López Alejandro Musso, encarregado da investigação, ter solicitado a prisão de Falsetti, o acusado de estelionato continuará o processo fora da prisão por decisão do Juiz de Garantias de San Isidro Esteban Rossignoli que indeferiu o pedido do Ministério Público.

A investigação que levou à identificação de Falsetti como autor de uma série de golpes teve início após denúncia apresentada pela Área de Controle de Fraudes de uma empresa que presta serviço de TV por satélite após os titulares de cartões de crédito desconhecerem 169 operações de compra de contas pré-pagas e outros serviços oferecidos pela empresa.

Fernando Alberto Falsetti

Fernando Falsetti, o suspeito

A princípio, especulou-se que, devido à mecânica criminosa, havia uma importante organização criminosa por trás dos golpes. Mas a realidade foi muito mais chocante. Foi determinado que quem era o líder de uma gangue de alto nível não era nada mais do que um lobo solitário. [sic]. Falsetti, um cidadão muito discreto, comerciante no ramo de venda de jornais e revistas, descobriu um método caseiro para detectar cartões de crédito válidos”, disse ele. A NAÇÃO fonte judicial qualificada.

De acordo com a investigação do promotor Musso e sua equipe de colaboradores, com os números de cartão que ele criou com seu algoritmo, o suspeito comprou serviços pré-pagos de diferentes empresas e depois os revendeu para outras pessoas. A empresa de TV via satélite foi fraudada com 169 operações.

“O suspeito descobriu como identificar os números dos cartões do mesmo banco e seus respectivos códigos de segurança. Fez tudo com um algoritmo próprio que possibilitou conciliar os dados e assim obter cartões de crédito habilitados para compra.”, disse um detetive judicial.

Uma das entradas do caderno apreendido na batida

Uma das entradas do caderno apreendido na batida

O promotor Musso e os detetives da Delegacia de Polícia Vicente López da força de segurança de Buenos Aires chegaram a Falsetti, que tem uma banca de jornais e revistas em La Matanza, depois de analisar as informações sobre meios de pagamento, telefones celulares e os endereços IP de onde foram contratados serviços foram pagos.

“Esperávamos encontrar um hacker de uma gangue sofisticada e nos deparamos com um criminoso ‘luva branca’ da velha escola”, disse ele A NAÇÃO uma fonte de pesquisa.

Conforme informado, na batida na casa de Falsetti, a polícia e os investigadores judiciais apreenderam um caderno da marca Avon com folhas pautadas com uma série de anotações: os números e códigos de segurança dos cartões de segurança criados pelo suspeito.

Por exemplo, na página 21, o suspeito escreveu em maiúsculas: “MANEIRA DE MUDAR OS NÚMEROS” e, acima de um grupo de números, acrescentou: “Os 8º e 9º dígitos mudam a cada 12 ou 2 números.” e outra série de explicações do algoritmo que ele havia descoberto.

Em outras notas, ele havia deixado um registro de como conseguiu obter os códigos de segurança dos cartões de crédito que criou e também teve salvas as faturas dos serviços que contratou.

“Embora a acusação seja pelos 169 golpes comprovados à empresa de TV via satélite, há indícios de que ela enganou outras empresas importantes, mas essas empresas não registraram a denúncia”, disse um investigador do caso.

Na próxima semana, segundo fontes judiciais, Falsetti será investigado por crime de fraude repetida.



Publicado en el diario La Nación

(Visitado 1 veces, 1 visitas hoy)